exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Inteligência Artificial da Google usada para detetar doenças dos olhos na Índia

A Verily, o braço especializado em Ciência da Alphabet, desenvolveu um algoritmo capaz de detetar sinais de doenças oftalmológicas associadas à diabetes de forma eficiente. O sistema está a ser testado na Índia.

  • 333

Exame Informática

A Google e a Verily associaram-se a um hospital na Índia para testar o sistema de reconhecimento de sinais de retinopatia diabética e de edema macular diabético, duas doenças que afetam os olhos dos pacientes diabéticos e cujas probabilidades de cura e tratamento são altas caso o diagnóstico seja feito cedo.

Os investigadores da Verily atestam que o algoritmo é tão bom quanto os especialistas humanos a detetar traços destas doenças. O sistema recebeu a marca CE, que confere os requisitos de segurança, saúde e proteção ambiental na Europa.

Na Índia, há mais de 66 milhões de diabéticos e os especialistas não conseguem dar vazão à quantidade de monitorizações que têm de ser feitas. Ter um sistema de IA a ajudar irá permitir libertar os médicos e equipas clínicas para prestar apoio aos doentes no tratamento e gestão da doença, explica o Dr. R. Kim responsável pela unidade de oftalmologia do Hospital Aravind.

Os técnicos vão poder tirar uma imagem de cada olho dos pacientes e submetê-las à análise do software que irá determinar se o doente deve ser encaminhado para tratamento ou se não tem nenhuma destas duas doenças, avança a Cnet.

Com o aumentar do número de diabéticos, a Google e a Verily defendem que uma solução tecnológica pode ajudar a aumentar o número de diagnósticos precoces e maximizar as probabilidades de tratamentos com sucesso. As empresas estão a trabalhar também numa parceria na Tailândia e com a Nikon e a Optos para determinar outras localizações onde a solução possa ser útil.

  • 333