exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Sistemas de reconhecimento facial anti-terrorismo instalados em Nova Iorque não funcionam

Segundo o Wall Street Journal, durante a fase de testes feitos pelo Oak Ridge National Laboratory, o sistema conseguiu reconhecer caras com uma precisão de 80%, embora na prática não apresente resultados positivos

  • 333

Francisco Garcia

As máquinas de reconhecimento facial instaladas na ponte Robert F. Kennedy em Nova Iorque, colocadas para detetar terroristas, não funcionam, segundo uma informação da Metropolitan Transportation Authority, recebida pelo Wall Street Journal.

O jornal afirma que, durante a fase de testes feitos pelo Oak Ridge National Laboratory, o sistema conseguiu reconhecer caras com uma precisão de 80%, embora reitere que durante o seu período de funcionamento, após a sua instalação, não conseguiu reconhecer uma única cara «dentro de parâmetros aceitáveis».

Visto como um problema de natureza “Orwelliana”, pelo constante controlo da população, o sistema está carregado de erros, pois, por vezes, tem dificuldade em reconhecer pessoas que não sejam caucasianas, mulheres e assume que criminosos não utilizem máscaras ou outro tipo de disfarce. Além disso, duas questões levantam-se: por um lado, o sistema pode gerar falsos positivos e, por outro, quantos suspeitos conseguirão tirar proveito da ineficácia do sistema?

  • 333