exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Portugal conquista duas medalhas de prata nas Olimpíadas da Ciência da UE

Joaquim Damaso

Por ser o país anfitrião, Portugal teve quatro equipas a competir nas Olimpíadas que decorreram na FCT NOVA entre 4 e 11 de maio

  • 333

Francisco Garcia

Um gruopo de alunos portugueses conquistou duas medalhas de prata na edição deste ano da Olimpíada da Ciência da União Europeia (EUSO), um evento que reúne jovens talentos na área da Biologia, Química e Física. Esta foi a primeira vez que o evento teve lugar em Portugal, decorrendo na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa de 4 a 11 de maio e tendo contado com 150 alunos (com um máximo de 16 anos de idade e provenientes de 24 países).

Os vencedores da competição foram os alunos alemães, que conquistaram duas medalhas de outro, tendo levado consigo o troféu da EUSO. No total, 50 equipas competiram entre si, sendo compostas por três elementos cada. No máximo, cada país tinha duas equipas, exceto Portugal que, por ser o país anfitrião, teve quatro equipas (com um total de 12 alunos na competição).

Virgílio Cruz Machado, diretor da FCT NOVA, afirma que «a preparação desta operação exigiu a intervenção de duas centenas de profissionais (professores e técnicos) ao longo de um ano, o que contribuiu para o grande êxito do resultado: o país fortaleceu a sua capacidade e imagem de envolvimento na arena internacional da ciência, da tecnologia e da inovação». «Todos os participantes internacionais (estudantes e mentores) foram unânimes no reconhecimento da forma exemplar como tudo foi planeado e organizado – foram vários os estudantes a quem ouvimos dizer que tinha sido a melhor semana das suas vidas», acrescenta.

Importa referir que, no passado, Portugal conseguiu bons resultados: em 2016 e 2018, conquistou medalhas de ouro na competição, em 2012 duas medalhas de prata e em 2013 e 2017 uma medalha de prata.

  • 333