exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

Microsoft premeia sete projetos de inclusividade com 25 milhões de dólares

Scott Eklund - Microsoft

Os projetos pretendem criar ferramentas e aparelhos que auxiliem pessoas com deficiência a conseguirem realizar tarefas do dia-à-dia. A Microsoft dará também acesso ao software Azure AI e vai garantir suporte técnico na programação dos sistemas

  • 333

Francisco Garcia

A Microsoft anunciou que vai investir 25 milhões de dólares (cerca de 22,38 milhões de euros) em sete projetos de inteligência artificial para auxiliar pessoas com deficiências. O investimento ocorre no âmbito da celebração da oitava edição de um evento anual de sensibilização global para a acessibilidade e inclusão.

Na lista dos premiados encontram-se: a Universidade da Califórnia, Berkley; Massachussets Eye and Ear, uma ala hospitalar universitária de Harvard; Voiceitt de Israel; a Universidade da Cidade de Birmingham, no Reino Unido; a Universidade de Sidney na Austrália; Pison Technology de Boston; e a Our Ability de New York.

As sete empresas vão ter acesso à plataforma Azure AI e receber também apoio da Microsoft na programação dos sistemas e dos aparelhos.

Entre os projetos selecionados, encontra-se uma pulseira capaz de detetar micromovimentos dos braços e pernas e de os traduzir em cliques de rato de computador.

Um chapéu que lê os estímulos nervosos do utilizador através de eletroencefalografias, um método que regista a atividade elétrica do cérebro que, ao ligar a um sistema de cloud, consegue alertar para convulsões que o utilizador possa ter.

Outras ferramentas estão planeadas para fazer reconhecimento de discurso através de chatbots com inteligência artificial e apps para pessoas com deficiências visuais.

«Devemos realçar que os premiados conseguiram criar aparelhos revolucionários, usando sistemas de inteligência artificial muito simples», disse Mary Bellard, uma representante da Microsoft, numa publicação da empresa.

Segundo a Engadget, a Microsoft tem estado a trabalhar em várias frentes para tornar a tecnologia mais acessível para os utilizadores, nomeadamente, no início de maio foi anunciado um controlador para a consola Xbox adaptado para leitores de Braille.

  • 333