exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência

BPI anuncia prémio para startups com menos de três anos

Além dos prémios monetários de cinco mil e quinze mil euros, as startups vencedoras vão poder participar em cursos de aceleração de negócios em Silicon Valley (EUA) e no Reino Unido

  • 333

O BPI fez saber que já estão abertas as candidaturas para os prémios Empreendedor XXI. Os prémios, que são desenvolvidos em parceria com o DayOne e o Alto Patrocínio do Ministério da Economia, destinam-se a startups que privilegiam a inovação e que tenham menos de três anos de atividade. O prémio conta ainda com o apoio da Agência Nacional de Inovação (ANI) que aproveitou a ocasião para distinguir a melhor empresa portuguesa «nascida do conhecimento». O período de candidaturas termina a 4 de dezembro.

«Os prémios destinam-se a empresas inovadoras com menos de três anos de atividade e distinguem os seus projetos em duas categorias: territorial (2 regiões em Portugal e 17 em Espanha) e setorial (6 setores, a nível ibérico)», refere um comunicado do BPI.

Além dos prémios monetários (cinco mil euros para os vencedores territoriais e quinze mil euros para os vencedores setoriais), os vencedores vão poder participar em cursos de aceleração de negócios em Silicon Valley (EUA), como ESADE, que é desenvolvido em colaboração com a Singularity University, ou em Cambridge (Reino Unido), através do Ignite Fast Track, que é ministrado pela histórica Universidade local.

Os prémios Empreendedor XXI vão distinguir vencedores territoriais em duas regiões: Norte e Centro, e Sul juntamente com as Ilhas. «As empresas candidatas concorrem igualmente, a nível ibérico, aos prémios setoriais, nas categorias AgroFood (indústria agroalimentar), Health (saúde), Senior (serviços para pessoas com +65 anos), Mobility (soluções de mobilidade), PropTech (serviços para o setor imobiliário) e Impact (projetos de impacto social)», refere ainda o BPI em comunicado.

  • 333