Nook Simple Touch: ler livros às escuras

Dilpesh Laxmidas
13/04/2012 09:13
IMesmo no escuro vai ser sempre possível saber onde está alguém a ler um Nook Simple Touch

O novo leitor de livros eletrónicos da Barnes and Noble, Nook Simple Touch, tem uma luz frontal que permite ler, mesmo às escuras.

O Nook Simple Touch tem uma GlowLight na frente cuja intensidade pode ser regulada. Quando no máximo, o leitor assemelha-se a um iPad, noticia o Gizmodo.

A luz está dissimulada na moldura e ainda não se conhece qual o material condutor utilizado. Com a luz frontal, se lermos 30 minutos por dia, a bateria tem uma autonomia de 30 dias, explica a Barnes and Noble.  

O leitor de livros eletrónicos tem o mesmo peso e dimensões da versão anterior, apesar de trazer este upgrade. O preço de referência é de 140 dólares e deve chegar ao mercado em maio.

Palavras-chave

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Vídeos

A Nvidia lança um tablet Android com ecrã de oito polegadas otimizado para jogos. Há um modo de consola para ligar o tablet à TV e um comando para jogar melhor. 

Já testamos o Sony Xperia Z3, um smartphone topo de gama com os lados arredondados e bastante resistente. 

Uma startup num minuto. Um papel e os sistema de pagamentos do Multibanco – é tudo o que a Last2Ticket precisa para criar um bilhete de concerto ou um voucher de hotel.

Em destaque neste programa: frente a frente, os phablets mais desejados do momento.

Colocamos frente a frente os dois topos de gama da Samsung. Saiba quais os pontos fortes do Galaxy Note 4 e do Galaxy Alpha e qual é o mais indicado para si.

A Não perder

Os gigantes Samsung e Apple frente-a-frente num artigo onde também comparamos o iPhone 6 com o Galaxy Alpha e o iPhone 6 Plus com o Galaxy Note 4

EI Tv

Em destaque neste programa: frente a frente, os phablets mais desejados do momento.

Em destaque neste programa: fomos ver as casas que se movem e montamos uma impressora 3D a partir do zero.

Em destaque neste programa: testamos o Nvidia Shield e a pulseira inteligente Huawei Talkband B1.

 

Se o utilizador pode comprar itens dentro de uma app, esta já não deve ser publicitada como gratuita. A Apple alterou a política e deixa de anunciar as aplicações como gratuitas, por pressão da União Europeia.

X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .