exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Hardware

Google, Intel e Tag Heuer unem-se para criar relógios de luxo com Android Wear

Os smartwatches terão software da Google, processador e sensores da Intel e design da Tag Heuer. O primeiro modelo a chegar ao mercado será uma réplica digital do original Tag Heuer Carrera preto.

  • 333

A parceria entre as três marcas foi anunciada hoje e prevê que a Intel forneça os componentes internos e sensores para os smartwatches da Tag Heuer. Este aspeto é particularmente curioso pelo facto de anteriormente os relógios com Android Wear incorporarem processadores da Qualcomm ou da Texas Instruments. Isto significa que os smartwatches da Tag Heuer serão dos primeiros wearables a contar com chips Intel – o fabricante já tinha desenvolvido a pulseira Mica, mas não tinha trabalhado com terceiros neste segmento de mercado.

Segundo a Reuters, o primeiro relógio a sair desta parceria será uma réplica digital do original Tag Heuer Carrera preto.

Apesar de não estar incluída num segmento de luxo tão restrito como o da Rolex, a Tag Heuer é um fabricante suíço cujos relógios não são conhecidos pelo seu baixo preço. Assim, enquanto as propostas, por exemplo, da LG, Motorola ou Sony rondam os 200 a 300 euros, os modelos da Tag Heuer deverão apresentar um custo bem mais elevado para os consumidores.

  • 333