exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Hardware

Novo tablet vai ligar os presidiários ao mundo exterior

Chama-se JP5 Mini. É um tablet que corre uma versão alterada do Android e que vai ser utilizado dentro das prisões norte-americanas para que os presidiários possam contactar facilmente com o exterior.

  • 333

A JPay é uma empresa norte-americana de telecomunicações que já fornece uma solução que permite a presidiários (que estejam em prisões municipais ou federais) terem acesso a serviços de email, telefone e transferências de dinheiro.

Agora, a empresa anunciou o JP5 Mini, um tablet com ecrã de 4,3” que corre uma versão alterada do Android. O dispositivo vai permitir o envio de emails e fotos a partir das redes Wi-Fi das instalações prisionais que têm, depois, protocolos para a ligação às redes dos operadores.

Já no próximo mês, a empresa vai abrir uma loja de aplicações que vai conter jogos e apps educacionais.

Os tablets são feitos de plástico transparente (para que os presidiários não possam esconder materiais no seu interior) e têm credenciais atribuídas a cada prisioneiro (para evitar que sejam furtados ou trocados dentro das prisões).

A JPay afirma que o tablet vai custar 70 dólares e que estará disponível aos presidiários que estejam a cumprir pena nas prisões que já tenham acordos com a empresa. A empresa tem, segundo o Huffington Post, relações comerciais em 34 estados norte-americanos o que engloba quase 2 milhões de presidiários.

O objetivo é que o dispositivo permita a comunicação entre os presos e as suas famílias. O acompanhamento da atualidade também é um dos objetivos da entrada do tablet nas instalações prisionais. 

  • 333