exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Hardware

Novo Bitalino estreia em novembro com preços a partir de 149 euros

Dois anos depois de lançar primeira placa Bitalino, a Plux entra na reta final para o lançamento da versão (r)Evolution. Novos sensores e miniaturização são os principais atrativos da nova placa de prototipagem.

  • 333

Photographer: Alexandre Bordalo

Bitalino (r)Revolution: É o nome da nova versão da placa de sensores da Plux e parte à conquista do segmento dos cientistas, engenheiros e entusiastas do faça-você-mesmo com a estreia comercial em novembro. A nova placa computacional vai poder ser comprada na Net com preços a partir de 149 euros.

Ao que a Exame Informática apurou junto da Plux, vão estar disponíveis três modelos para encomenda: uma placa com todos os conectores ligados; uma segunda opção conhecida por freestyle com vários componentes soltos; e uma terceira modalidade em que apenas os sensores estão conectados.

A nova placa pretende dar seguimento à primeira versão do Bitalino, que superou a venda de 2000 placas computacionais que se conectam a vários sensores que permitem obter e registar indicadores relativos ao corpo humano ao ambiente em redor.

Além da miniaturização do tamanho dos sensores, a Bitalino (r)Evolution distingue-se pela inclusão de novos sensores. A comercialização vai arrancar no site da marca Bitalino e posteriormente ficará disponível na lista de revendedores com quem a Plux tem acordos.