exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Hardware

GoPro Karma: “não é um drone, é um sistema de estabilização”

A Exame Informática já agarrou nos comandos do muito aguardado drone da GoPro, que vai chegar ao mercado no próximo mês com um preço de 870 euros.

  • 333

O Karma já voa. Depois de muitos meses de rumores, eis o primeiro drone da GoPro. E como foi prometido, o Karma tem algumas particularidades inovadores ou, pelo menos, implementadas de um modo diferente. A começar pela categoria de preço a que pertence. Isto porque quando, no stand da GoPro na Photokina, perguntamos pelo novo drone, fomos logo corregidos «isto não é um drone, é um sistema de estabilização sofisticado sem paralelo no mercado». Para que não haja confusões, o Karma é, de facto, um drone, ou melhor ainda, um quadricóptero telecomandado com algumas funções programáveis.

Mas também é verdade que é um sistema de estabilização. Para começar, inclui um estabilizador de três eixos (Gimbal) que permite isolar os movimentos da câmara dos movimentos do drone. Este estabilizador suporta as GoPro Hero5 Black, Hero5 Session e Hero Black e Silver. O conjunto estabilizador/GoPro é montado na frente do drone, o que, segundo a marca, protege melhor o sistema nas aterragens e garante que as hélices não aparecem nos vídeos. O sistema de fixação permite instalar/remover o conjunto facilmente. E há uma razão para isso: a GoPro também apresentou um punho, o Karma Grip, para usar o conjunto estabilizador/câmara na mão.

O comando tem o formato de concha: o ecrã de 5” (720P) funciona também como tampa. O sinal de comunicação e vídeo funciona na banda dos 2,4 GHz e o raio de alcance anunciado é de cerca de 1 km, embora o Karma possa atingir cerca de 4500 metros de altitude. A velocidade máxima é de 15 m/s (pouco mais de 50 km/h). A autonomia de voo é de cerca de 20 minutos e a bateria carrega em hora e meia. A bateria do comando dá para cerca de quatro horas (duas horas e meia para carregar).

Para facilitar o transporte, os braços podem ser dobrados para trás, o que também permite colocar o Karma dentro da mala de transporte sem ser necessário remover as hélices.

Segundo as informações da GoPro, o Karma chega ao mercado europeu em outubro com um preço recomendado de 869,99 euros (sem câmara). A versão com uma Hero 5 vai custar 1200 euros.

  • 333