exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Hardware

AMD reforça-se nos chips para servidores com série Epyc

A AMD anunciou uma nova gama de processadores para servidores com a arquitetura Zen. Os Epyc têm quatro chips de oito núcleos e 16 threads, com o topo de gama a Epyc 7601 a oferecer 32 núcleos e 64 threads.

  • 333

Exame Informática

A série Ryzen para desktop e a série Epyc para servidores têm a mesma base, na arquitetura Zen: um chip com oito núcleos e 16 threads. Para os computadores de casa há um chip destes e para a versão para servidores a partir de quatro. Cada chip tem dois controladores de memórias, faixas PCIe e a ligação Infinity Fabric (IF), de alta velocidade e que deriva do HyperTransport. A IF é usada para ligar dois blocos de quatro núcleos, designados por “core complexes” ou CCXes. Dentro de cada processador, há três links IF, com capacidade de 42GB/s em cada direção, o que equivale à largura de banda de memória oferecida pelos dois canais de DDR4 a 2667 MHz que cada chip suporta individualmente.

Lisa Su, CEO da AMD, explica que os processadores Epyc oferecem uma performance inigualável para sistemas de single socket. A empresa anunciou os novos chips em produtos de vários parceiros como a HPE, Dell, Asus, Gigabyte, Lenovo, Supermicro e outros.

A empresa explica que bateu vários recordes de servidores de um e dois sockets com sistemas baseados em Epyc 7601, medidos no SPECint_rate2006.

A série tem várias soluções, desde os Epyc 7251, com oito núcleos e 16 threads, de 2,1 a 2,9 GHz e 120 W de TDP aos Epyc 7601, com 32 núcleos, 64 threads, de 2,2 a 3,2 GHz e 180 W de TDP.

  • 333
  • O Model 3 foi revelado esta manhã. Confirmou-se o preço base de 35 mil dólares para a versão de entrada com autonomia de cerca de 350 km. Uma das opções é o Autopilot avançado, que permite fazer viagens sem intervenção do condutor... quando a legislação o permitir. Em Portugal, o Model 3 deverá ter um preço base de cerca de 40 mil euros