exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Hardware

Novos topos de gama da BQ apostam em Android One

O X2 e X2 Pro terão um sistema operativo "limpo" e serão dos primeiros terminais a receber as atualizações da Google

  • 333
Paulo Matos

Paulo Matos

Jornalista

Rodrigo del Prado, diretor geral adjunto da BQ, já o tinha dito o ano passado, na altura do lançamento dos Aquaris X e X Pro, e voltou a dizê-lo agora na apresentação em Lisboa do X2 e do X2 Pro: «É o melhor produto que já fizemos». A afirmação não é uma repetição inconsciente, é sim um ato de expressão consciente de orgulho e confiança nos dois novos terminais da marca espanhola.

Ambos os terminais partilham a esmagadora maioria das características e a principal diferença acaba por estar no processador. Mas já lá vamos. Primeiro, vamos aos pontos em comum. Tanto o X2 como o X2 Pro possuem um ecrã LCD IPS FHD+ (2160x1080, 650 nits), bateria de 3100 mAh com carregamento rápido e dupla câmara traseira, local onde também está o sensor de impressão digital.

A aposta na câmara dupla pretende essencialmente conseguir melhores retratos com efeito bokeh. Para tal, recorre a sensores Samsung com 12 MP (f/1.8) e 5 MP (f/2.2). A câmara frontal também tem direito a flash e recorre igualmente a um sensor Samsung, desta vez com 8 MP e f/2.0. Saliente-se que esta câmara recorre a Inteligência Artificial para identificar o que está a ser fotografado (quantas pessoas estão no enquadramento, por exemplo). Além disso, a BQ redesenhou a app de fotografia para «ser mais intuitiva» e «crescer de forma organizada».

Os X2 e X2 Pro fazem parte do programa Android One, o que, segundo Rodrigo del Prado, «é o reconhecimento de que estamos no caminho correto». Para o utilizador, isto significa que terá acesso a um Android puro com atualizações de segurança e de funcionalidade rápidas. Há que destacar que estes dois smartphones são dos primeiros a incluir Google Lens na aplicação da câmara, um sistema de reconhecimento que fornece informação sobre os conteúdos mostrados na imagem.

Vamos então às diferenças, que, como dissemos, residem essencialmente no processador. Assim, o X2 incorpora um CPU Snapdragon 636 e GPU Adreno 509, enquanto o X2 Pro tem um Snapdragon 660 e um Adreno 512. Ambos os processadores são de oito núcleos e são os únicos da série 600 que contam com núcleos Kryo (algo que antes apenas estava disponível na série 800 da Qualcomm).

Os smartphones começarão a ser disponibilizados no mercado português ao longo de junho e estarão disponíveis em duas versões cada. O X2, que estará à venda em preto ou dourado, de 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento custará €309,90, enquanto o modelo de 4 GB e 64 GB de armazenamento ficará por €339,90. Já o X2 Pro – disponível em branco, preto ou cinzento – de 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento custará €389,90 e a versão de 6 GB e 128 GB de armazenamento terá um preço de €499,90.