exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Hardware

iPhone XS, XS Max e XR: hoje é dia de novos iPhone

O 9TO5Mac garante que esta é uma foto real dos novos iPhones XS

A Apple vai apresentar hoje novas versões do iPhone. Como é habitual, rumores não faltam. Juntamos os mais credíveis para antecipar o que deverá ser lançado hoje

  • 333

Já é uma tradição: a Apple normalmente reserva setembro para lançar novas versões do iPhone. Pode já não gerar a antecipação de outros tempos, mas o iPhone continua a ser o smartphone mais famoso do planeta. Segundo dados recolhidos pela Statista, no primeiro trimestre de 2018 o iPhone terá vendido 77 milhões de unidades em todo o mundo, um pouco abaixo dos 78 milhões no mesmo período do ano passado. O último grande “salto” de vendas ocorreu entre 2014 e 2015, ou seja, quando a Apple lançou o iPhone 6. Depois as vendas estabilizaram. Segundo a Gartner, de 2016 para 2017 (anos completos), a Apple perdeu quota de mercado, passando de 14,8% para 13,7%. Mas manteve o segundo lugar, logo a seguir à Samsung que também perdeu quota. Alguns dados relativos ao final de 2017 e início de 2018 indicam que a Apple até pode ser ultrapassada pela Huawei em número de smartphones vendidos.

Mas este abrandamento não significa necessariamente más notícias para a Apple que tem conseguindo aumentar significativamente a faturação associada a estes terminais graças ao aumento do preço de venda médio. O iPhone X, que segundo a Apple, foi o smartphone que mais vendeu da história destes modelos, ajudou a empresa a ser primeira a atingir o valor bolsista de um bilião de dólares.

Modelos intermédios

Praticamente todos os rumores apontam para o lançamento de evoluções dos atuais iPhone X. O que faz sentido de acordo com a história de lançamentos da Apple. Após um “novo número” é normal surgir versões otimizadas. E, por isto mesmo, o mais provável é que hoje não se fique a conhecer um iPhone 11 ou mesmo um iPhone X2 (embora este último seja mais provável). A maioria dos rumores apontam para os XS, em linha com o que a Apple fez com evoluções anteriores.

A maioria dos analistas aposta em três novas versões: iPhone XS, iPhone XS Plus (ou Max) e uma versão mais económica. Os rumores indicam que esta última versão deverá usar um ecrã LCD e chegar ao mercado mais tarde que as outras duas versões melhor equipadas. Curiosamente, é a versão mais económica que criar mais dúvidas entre os analistas. Alguns acreditam que vai ser denominada XC, mas não nos parece que a Apple esteja muito inclinada para esta denominação – não nos podemos esquecer que as versões C tiveram vendas abaixo do esperado. Não se espera que a Apple lance um iPhone 9 considerando que já há um X. De acordo com um artigo de Mark Gurman na Bloomberg, este iPhone poderá receber a denominação de iPhone XR e apresentar um ecrã LCD de 6,1” e um chassis de alumínio e uma única câmara traseira (para reduzir custos).

Mais poderoso, melhores câmaras…

Os rumores tendem a ser mais uniformes relativamente aos dois modelos para os segmentos mais altos. Os dois deverão usar ecrãs OLED, de 5,8 e 6,5 polegadas. Esteticamente, a grande novidade deverá ser a adição do dourado às cores disponíveis. Espera-se que o design sejam semelhante aos atuais iPhone X, com apenas alguns “retoques” no chassis, provavelmente para fazer com que o ecrã fique ainda mais próximo da margem do chassis. Não se espera reduções de peso e espessura, já que a Apple deverá apostar em aumentar a capacidade das baterias. Neste aspeto, a melhoria do processo de fabrico dos processadores deverá permitir um aumento de desempenho significativo sem aumento de consumo energético.

Para mostrar as potencialidades do desempenho extra, espera-se novas demonstrações de jogos e, sobretudo, de aplicações de realidade aumentada ou mista. Há alguns rumores que apontam para uma docking station capaz de transformar o iPhone num género de PC de secretária e/ou consola de jogos, mas, considerando o histórico da Apple, este produto parece-nos pouco provável.

Há também quem aposte na inclusão de três câmaras no iPhone X de 6,5 polegadas – o tal que deverá ser denominado XS Max (ou Plus) – em linha com o que a Huawei fez no P20. Além de maior zoom, a Apple poderá usar a câmara extra para reforçar as funcionalidades de realidade aumentada através da melhoria da capacidade de fazer medições no ambiente. A acontecer, talvez seja a maior novidade do novo iPhone, mas outros rumores apontam para a chegada da terceira câmara apenas em 2019.

O que não deverá acontecer

Como sempre, novos iPhone originam rumores sobre tecnologias mais disruptivas. As mais repetidas incluem: leitor de impressões digitais embutido no ecrã; versão com ecrã dobrável; substituição da ficha proprietária da Apple por USB Tipo C; e integração do Apple Pencil. Rumores que não se deverão confirmar pelas seguintes razões: a Apple prefere continuar a apostar no reconhecimento facial (o TouchID deverá desparecer por completo na nova linha apresentada hoje); a tecnologia para os ecrãs dobráveis ainda não está suficientemente amadurecida para a produção em série; a porta Lightning é para manter e é compatível com USB C via adaptador; a Apple considera que os estiletes não fazem sentido nos ecrãs dos smartphones.

Mas certezas só hoje ao final da tarde. O evento está agendado para começar pelas 18h em Portugal Continental, mas é provável que as novidades mais importantes só sejam conhecidas umas horas depois.

Atualização
De acordo com o Allthings.how, os nomes iPhone XS, XS Max e XR foram apresentados em ficheiros com a listagem de produtos no próprio site da Apple. Estes ficheiros foram, entretanto, removidos.

  • 333