exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Hardware

Zenbook Duo: o computador com dois ecrãs frontais que vai agradar aos criadores de conteúdos

O novo portátil da Asus vem em duas versões, de 15” e 14”, e chega a Portugal a seguir ao verão. Ainda não há preço, mas esta é uma máquina única que junta ao ecrã principal… outro que fica logo acima do teclado e que funciona como complemento do primeiro. Tem tudo para ajudar em aplicações de produtividade.

  • 333

A Exame Informática está em Taiwan para assistir à Computex: a maior feira de eletrónica na Ásia. Num evento de antecipação à feira, a Asus revelou o Zenbook Duo, um computador que tem dois ecrãs frontais. Pode ver o vídeo, mas a abordagem do fabricante explica-se rapidamente: ao ecrã principal, a Asus juntou um segundo que vive logo ali, acima do teclado. A fronteira entre os dois ecrã resume-se ao topo do chassis (muito estreito) que, graças a um sistema que eleva um pouco o teclado, encosta mesmo ao limite do ecrã (escondendo a moldura). E é isso mesmo que está a pensar: as superfícies que ficam praticamente juntas o que dá um aspeto de uniformidade muito conseguido ao sistema. Isto é criticado para a experiência total do sistema ser, visualmente, bastante conseguida. Ou seja, quando arrastamos janelas entre ambos os ecrãs quase parece que estamos sempre na mesma superfície… mas não estamos.

A Asus não abdicou de colocar portas Thunderbolt 3 no Duo para garantir a versatilidade da máquina aos produtores de conteúdos

A Asus não abdicou de colocar portas Thunderbolt 3 no Duo para garantir a versatilidade da máquina aos produtores de conteúdos

As especificações

O Zenbook Duo chega em duas versões: o de 14 polegadas equipa com processadores i7 e um chip gráfico da Nvidia. O ecrã principal é um LCD Full HD e não é tátil. A experiência tátil fica para o outro ecrã que é, também, um IPS. A versão Pro é, obviamente, a mais artilhada. O ecrã de 15” é um OLED 4K de formato 32:9. O processador é um i9 e a gráfica continua a ser uma Nvidia, a RTX 2060. Este é dos primeiros computadores do mundo a integrar Wi-Fi 6 e, para poder garantir a expansão do sistema, a Asus dotou o Duo Pro de portas Thunderbolt 3.

O fabricante concebeu área de tarefas no segundo ecrã que dá maior controlo sobre as apps utilizadas nessa área

O fabricante concebeu área de tarefas no segundo ecrã que dá maior controlo sobre as apps utilizadas nessa área

A experiência

Apesar de estarmos a utilizador computadores finais nesta demonstração, sabemos que há, sempre, atualizações de software que permitem otimizar a experiência. Mesmo tendo isso em conta, consideramos que a maioria das interações que efetuámos correram muito bem. Foi possível, por exemplo, estar a utilizar o Corel Draw (software de desenho) e ter no ecrã principal a área de desenho e deixar para o segundo ecrã as paletas de ferramentas. Também correu bem correr um vídeo do youtube em fullscreen no ecrã de baixo enquanto trabalhávamos no Powerpoint no principal. E isto funciona com todas as aplicações Windows… bastar arrastar as apps para onde as queremos. Acreditamos, por isso, que para quem cria conteúdos (quem edita vídeo, áudio ou desenha, por exemplo) e precisa de mobilidade vai ter nesta máquina uma hipótese a considerar seriamente.

Notámos alguma lentidão quando carregámos no botão que permite trocar o ecrã onde estão as aplicações. Ou seja, passar todas as apps do segundo ecrã para o principal. Algo que, acreditamos, as tais atualizações de software podem ajudar a resolver.

O teclado é bastante generoso para escrever rapidamente e a Asus vai comercializar, como acessório, uma barra para repousar os pulsos – não há espaço para tudo no chassis do Duo. No entanto, o fabricante conseguiu aqui um feito de engenharia interessante ao ter conseguido manter um teclado (com todas as teclas de atalhado) e um touchpad que, por imposições do form factor, teve de ser deslocado para a direita – este elemento no Duo de 15” liga para mostrar um teclado numérico virtual.

O ecrã também nos pareceu bastante conseguido, embora o de 15” polegadas atraia alguns reflexos.

Ambos os computadores vão estar disponíveis em Portugal algures a seguir ao verão e ainda não há preço anunciado.

  • 333