exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Hardware

Seat Mii Electric chega ao mercado no início do próximo ano

A Seat anunciou o seu primeiro modelo elétrico, prometendo tratar-se do primogénito de uma vasta família a caminho. As pré-vendas iniciam em setembro, com as primeiras unidades a deverem chegar em 2020.

  • 333

Exame Informática

O Seat Mii Electric foi anunciado hoje: trata-se do primeiro modelo elétrico da marca e promete uma autonomia de 260 km (WLTP). O carro foi desvendado em Oslo, durante um evento Seat On Tour, com a garantia de há mais EV e PHEV que se juntarão ao catálogo num futuro próximo, incluindo o 100% elétrico el-Born, as versões híbridas Plug-in do Tarraco e do Leon e as versões híbridas Plug-in de elevada performance do Cupra Formentor e do Cupra Leon.

O carro apresentado hoje garante uma grande agilidade na condução citadina e nas manobras de estacionamento. O motor do Mii Electric conectado à transmissão de relação única garante 61kW (83CV) de potência e 212 Nm de binário instantâneo, o que significa um arranque até aos 50 km/h em 3,9 segundos. A bateria de iões de lítio com 36,8 kWh assegura até 260 km de autonomia com uma única carga. O tempo de carga AC a 7,2kW até 80% é de cerca de quatro horas.

O comunicado de imprensa da fabricante não adianta o preço, revelando apenas que «quando o Mii Electric chegar aos seus mercados principais no início de 2020 – Alemanha, Holanda, Noruega, França, Espanha, Áustria, Reino Unido, Suíça, Itália, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, Suécia – será um dos mais acessíveis veículos elétricos. O custo será igual ao de um modelo equivalente do segmento com motor a combustão, mas com custos globais de utilização muito inferiores». O período de pré-venda abre em setembro.

  • 333