exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Hardware

Smartphone dobrável da Samsung vai ser lançado em setembro

Tecnológica sul-coreana fez alterações de design ao Galaxy Fold e diz que está pronta para “relançar” o equipamento

  • 333

O Galaxy Fold, o primeiro smartphone dobrável da Samsung, vai ser lançado em setembro. A informação é avançada pela própria empresa em comunicado, que garante ainda que foram feitas melhorias ao design do dispositivo.

O “regresso” do Galaxy Fold é anunciado quatro meses após a decisão da marca sul-coreana de adiar o lançamento daquele que foi apresentado como o próximo passo evolutivo no mundo dos smartphones.

Segundo a informação da Samsung, a camada protetora que existe sobre o ecrã dobrável foi aumentada para lá do rebordo do painel, para dar a ideia de que faz parte da estrutura do telemóvel e não é uma simples película. Recorda-se que vários jornalistas e youtubers retiraram esta proteção nas primeiras unidades de teste do Galaxy Fold justamente por pensarem que era um acessório extra de proteção.

A estrutura do smartphones também foi «reforçada» para proteger o equipamento da entrada de partículas externas, diz a Samsung, e que tinham um impacto no ecrã e no processo de dobragem do equipamento.

A zona da dobra do ecrã levou um reforço na parte superior e inferior, há uma nova estrutura metálica por baixo do ecrã e o espaço entre a dobra e o corpo do Galaxy Fold também foi reduzido, adianta a tecnológica.

«A Samsung está a conduzir os testes de produto finais para disponibilizar o Galaxy Fold aos consumidores a partir de setembro em mercados selecionados. Detalhes sobre a disponibilização vão ser partilhados à medida que nos aproximamos do lançamento», adianta ainda a gigante asiática.

O Samsung Galaxy Fold foi anunciado em fevereiro e tinha lançamento agendado para o final de abril. Dias antes da data de comercialização, as primeiras unidades de teste apresentaram vários problemas, o que levou a Samsung a adiar o lançamento do smartphone.

O dispositivo destaca-se pelo ecrã dobrável e pela versatilidade que este formato permite explorar. Com o ecrã dobrado, o smartphone tem 4,6” de dimensão, mas, quando aberto, transforma-se num tablet de 7,3”. Isto permite, por exemplo, executar até três aplicações em simultâneo no ecrã do smartphone. O Galaxy Fold vem equipado com duas baterias (uma delas com 4380 mAh) e um total de seis câmaras – três na traseira e três no interior. A nível de hardware, incorpora 12 GB de RAM, 512 GB de armazenamento e um processador Snapdragon 855.

O preço do Samsung Galaxy Fold para os mercados europeus ronda os 2.000 euros.

  • 333