exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Hardware

Próxima versão do Apple Watch vai ser construída em titânio

Foto: Noah Berger / Getty Images

Também surgem rumores de que o relógio da marca de Cupertino vai ter outro fabricante a produzir os ecrãs OLED

  • 333

A Apple pode estar a preparar o regresso de uma linha mais luxuosa de relógios inteligentes. Quando apresentou a Série 4 do smartwatch, a empresa acabou com a gama Edition – a mais cara até então –, mas em setembro deverá haver novidades a este respeito.

Segundo a publicação iHelp BR, a versão de testes do WatchOS 6, a próxima atualização do sistema operativo da Apple para relógios, tem animações que fazem referência a um Apple Watch construído em titânio e um outro construído em cerâmica.

Se o modelo em cerâmica não seria uma total novidade – a linha Apple Watch Edition era construída neste material –, já a versão em titânio promete ser uma estreia para a tecnológica de Cupertino. Este metal é mais leve, resistente e também menos propenso a riscos do que as versões em alumínio e aço inoxidável.

Ainda não é certo se os materiais referidos vão ser usados numa nova geração do relógio ou se a Apple vai simplesmente “refrescar” a Série 4 com novas opções.

Mas esta não foi a única novidade a surgir relativamente àquele que é o smartwatch mais popular do mercado – e que vendeu mais de 22 milhões de unidades em 2018. Segundo a publicação MacRumors, a próxima geração do Apple Watch também deverá vir equipada com ecrãs OLED produzidos pela empresa Japan Display, quando até aqui o principal fornecedor tinha sido a sul-coreana LG.

* Notícia corrigida para clarificar que versões anteriores do Apple Watch já tinham ecrãs OLED, mas os painéis da próxima versão vão ser produzidos por uma empresa diferente

  • 333