exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Hardware

Asus bate recordes mundiais de desempenho em servidores

A linha completa de servidores configuráveis da Asus estabeleceu 246 recordes e foi projetada para aumentar a capacidade de resposta dos sistemas.

  • 333

Exame Informática

O servidor Asus ESC8000 G4 GPGPU atingiu pela primeira vez os indicadores de rendimento SPEC, com um valor recorde de 67 e o modelo Asus RS720Q-E9 multi-node foi reconhecido pela performance de computação em servidores de dois processadores, sendo considerado o mais rápido do mundo na categoria. O Asus single-processor RS300-E10 estabeleceu 70 novos recordes de melhor performance. A medição e classificação foram feitas de acordo com os indicadores certificados pela Standard Performance Evaluation Corporation (SPEC) e há um total de 246 recordes mundiais estabelecidos em diferentes categorias, incluindo servidores GPGPU e servidores multi-node.

O ESC8000 G4 é um GPGPU com suporte para até oito placas gráficas double-deck para trabalhos de IA, computação de alta performance, criação de conteúdo, produção, gaming design, RV e Realidade Aumentada. Este modelo detem 64 recordes mundiais em aplicações de computação intensiva.

O RS720Q-E9 é um servidor 2U4N de alta densidade, estabeleceu o recorde de 97 para aplicações de computação intensiva segundo o SPEC CU 2017 benchmark packages, SPECint 2017 rate e SPECfp 2017. Este componente destina-se a ambientes de processamento intensivo como centros de dados ou aplicações de cloud privada, suportando dois a oito processadores.

Por último, o ES300-E10 é um modelo 1U 1P com quatro portas Etherner LAN, expansão de armazenamento e tecnologia Boost Performance, tendo atingido 70 recordes mundiais. Há um processador Intel Xeon E no interior, com um desempenho até 1,36 vezes superior, em comparação com a versão anterior.

O comunicado de imprensa da empresa realça que «o grande desempenho desses novos servidores destaca o compromisso da Asus em prosseguir uma contínua otimização do sistema para fornecer soluções de alta qualidade».

A SPEC é uma instituição sem fins lucrativos formada para estabelecer, manter e aprovar indicadores e ferramentas padronizadas na avaliação do desempenho e eficiência energética da mais nova geração de sistemas de computação.

  • 333