exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Hardware

Estes protótipos da TCL dobram-se em três

Smartphones que se dobram continuam a ser uma grande tendência do segmento. A TCL criou protótipos que se dobram não ao meio, mas em três partes.

  • 333

Exame Informática

A TCL já tem o protótipo de um aparelho que é um tablet de 10 polegadas, quando estendido, e que pode ser dobrado em três partes para se tornar num smartphone. As dobradiças, conhecidas por DragonHinge e Butterfly Hinge, dobram-se em direções diferentes, noticia a Cnet. De lado, quando está dobrado, o aparelho tem a forma de um Z em fole. Esta abordagem vai permitir ao utilizador ter um smartphone para levar no bolso e, ao mesmo tempo, um ecrã maior para ler, ver vídeos, jogar ou trabalhar.

A TCL, nome que geralmente associamos ao fabrico de televisores de baixo custo, ainda não tem nome, preço ou data estimada para lançamento para este telefone. O próprio ecrã ainda não está funcional, mas o conceito já abre várias possibilidades para diferentes cenários de utilização. O ecrã vai estar coberto por um material plástico e os fabricantes ainda terão de se preparar para que esta cobertura possa resistir durante milhares de vezes que será dobrada e desdobrada.

A indústria está a apostar nos smartphones que se dobram, com os vários fabricantes a situarem-se em pontos diferentes de desenvolvimento e a terem investido em diversas soluções, como o Motorola Razr que se dobra na vertical ou o telefone quadrado que a Samsung está alegadamente a criar.

  • 333