exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Hardware

Amazon lidera vendas de colunas inteligentes, Alibaba em segundo

Crédito: Andrew Matthews / PA Images / Getty Images

Fabricantes chineses estão a ganhar terreno na venda de sistemas de som e ecrã com assistentes digitais integrados

  • 333

A Amazon é, com grande margem, a empresa que mais colunas inteligentes (smart speakers) e ecrãs (smart screens) vende em todo o mundo. No terceiro trimestre, a tecnológica americana comercializou 10,4 milhões de unidades, um valor que representa um crescimento de 65,9% em comparação com igual período de 2018 e que garante à Amazon uma quota de mercado de 36,6%.

«A Amazon introduziu o programa de atualização para convencer utilizadores a trocarem as colunas Echo antigas ou colunas Bluetooth [por novas], aumentando a penetração dos dispositivos Echo nas casas das pessoas», comentou Jason Low, analista principal da Canalys, empresa responsável pelos dados do estudo.

Os valores, citados pela publicação GeekWire, mostram também um crescimento significativo dos fabricantes chineses no mercado das colunas inteligentes. Na segunda posição da lista surge a Alibaba, com um crescimento de 77% em comparação com o ano anterior e vendas totais de 3,9 milhões de unidades – quase três vezes menos do que a Amazon.

No terceiro lugar está a Baidu, que aumentou em 290% a venda de colunas inteligentes entre julho e setembro, em comparação com o período homólogo de 2018. Com um total de 3,7 milhões de smart speakers comercializados, a tecnológica chinesa garante uma quota de mercado de 13%.

Quem saiu a perder com o crescimento das marcas chinesas foi a Google. A empresa, que tem um dos mais conhecidos e avançados assistentes digitais – e que já está disponível em português de Portugal –, viu as vendas de colunas inteligentes recuarem 40%. Com 3,5 milhões de unidades comercializadas, a Google ficou pouco acima das 3,4 milhões de colunas vendidas pela Xioami.

«O ambiente de retalho desafiante e a quebra nas remessas obrigaram a Google a procurar mais parceria como a que fez com o Spotify, para aumentar as vendas através de diferentes canais», comentou ainda Jason Low.

No total, foram vendidas 28,6 milhões de colunas inteligentes entre julho e setembro, um valor que representa um crescimento anual de 44,9%.

Recentemente, durante a Web Summit, Rohit Prasad, líder de investigação para a assistente digital Alexa, que equipa as colunas Echo, admitiu que o objetivo da Amazon é fazer com que «a Alexa esteja disponível em todo o lado e em qualquer momento». «Estou super otimista de que vai acontecer», acrescentou perante uma plateia de milhares em Lisboa.

  • 333