exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Insólitos

Casa alugada no Airbnb usada para festa de 100 pessoas

Um casal canadiano alugou uma casa a quatro pessoas no Airbnb. Seria um negócio normal – se a casa não tivesse ficado destruída por uma turba de mais de 100 pessoas.

  • 333

De quatro a 100 vão 96. Mais ou menos a diferença entre o número de pessoas que alugaram a casa a Mark e Star King no Airbnb e a estimativa da polícia sobre o número de pessoas que acabaram por entrar na casa do casal de Sage Hill, nas imediações de Calgary, Canadá. E a polícia é uma fonte bastante credível no que toca a estimativas do número de pessoas: nas duas noites – e dois dias - de festa nonstop as autoridades visitaram a casa por sete vezes, sem conseguirem pôr termo ao barulho e a todas imaginosas atividades dos foliantes que, notoriamente, enganaram os donos da casa no que toca aos propósitos do aluguer efetuado no site Airbnb.

Segundo a Time, Mark e Star começaram por ser surpreendidos pelo alerta lançado por vizinhos, que os avisaram de todo o alvoroço na casa, enquanto não estavam presentes. 

O pior estava ainda para vir: o casal teve ainda de recorrer às autoridades para conseguir expulsar entre 15 e 20 convidados não autorizados quando quiseram regressar a casa. 

Nas várias divisões da casa de família (Mark e Star têm dois filhos de cinco e um ano de idade) apenas um rasto de destruição que se prenunciava com o odor de cigarro e logo se revelava sob a forma de sofás destruídos, molhos de churrasco espalhados pelo teto, loiça partida e preservativos dispersos pelas várias divisões. 

As contas já foram feitas: a destruição provocada pelos indesejados hóspedes terá ascendido a 50 mil dólares. A Airbnb já fez saber que vai cobrir a despesa – e aproveitou ainda para lembrar que estes casos de destruição são «raros» nos alugueres providenciados atualmente a uma comunidade que já conta com mais de 35 milhões de pessoas registadas. 

«Banimos este hóspede do Airbnb e a nossa equipa especializada em questões de legais e segurança vai oferecer toda a sua ajuda para que a lei seja aplicada caso haja uma investigação a este caso», referiu o site de alugueres de casas para fins turísticos. 

  • 333