exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Insólitos

Não, não era um ET...era um micro-ondas

Investigadores estavam intrigados com um sinal de rádio há 17 anos. Sabe-se agora que não era alienígena, mas sim um micro-ondas. 

  • 333

Os sinais estavam a ser captados eplo Observatório de Parkes, na Austrália, e estavam a intrigar a comunidade científica. Agora, uma estudante universitárioa conseguiu identificar que a origem deste sinal é um micro-ondas. Os sinais eram registados em picos de 1,4 GHz e duravam apenas uma fração de segundo, surgindo uma ou duas vezes por ano, desde 1998.

Como os picos foram sempre registados durante o dia, alguns cientistas avançaram que a origem seria terrestre, mas outros acreditavam que se trataria de comunicações extraterrestres, noticia a Info Brasil.

A estudante conseguiu aumentar o poder de alcance do telescópio de Parkes e detetou que havia sinais ainda mais curtos em 2,5 GHz e concluiu que a origem mais óbvia para estes dois sinais juntos seria um micro-ondas. O popular eletrodoméstico liberta uma breve onda de radiação a 1,4 GHz e a 2,5 GHz quando se abre a porta enquando ainda está a trabalhar.

O micro-ondas em questão estaria a ser usado pelos funcionários do próprio observatório. É por causa destas interferências que em muitas instalações científicas não é permitida a utilização destes eletrodomésticos. 

  • 333
  • O ataque WannaCry, que sequestrou dados de milhares de computadores em todo o mundo, veio dar razão aos alertas dos especialistas em segurança que têm vindo a alertar constantemente para o crescimento e perigos deste tipo de ataque. Felizmente, como acontece com a esmagadora maioria do malware, há formas de evitar esta e outras "infeções"