exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Insólitos

Neste hotel, há um dinossauro como rececionista

O hotel Henn na (que pode ser traduzido por Hotel Estranho) usa robôs como staff para a maior parte das atividades, desde o check-in e check-out até à saudação.

  • 333

Shizuo Kambayashi

Há um humanoide com uma voz feminina e um velociraptor masculino com um laço a dar as boas vindas aos hóspedes do hotel Henn na, no Japão. O hotel foi inaugurado na semana passada, em Sasebo, Nagasaki e conta com este staff robótico para ajudar o hóspede.

Os dois robôs não são sofisticados o suficiente para manterem uma conversa, pelo que os pedidos têm de ser inseridos através de um ecrã tátil e posar em frente a uma câmara para o sistema de reconhecimento facial criar uma chave. Por outro lado, existe também um porteiro automático que leva as malas dos hóspedes para os quartos corretos. Para acender ou apagar as luzes, há um concierge eletrónico, o Tuly, que recebe comandos de voz, noticia o ArsTechnica.

Hideo Sawada, que gere o hotel como parte de um parque de diversões, explica que queria «salientar a inovação» e baixar o custo de cada dormida. Assim, com o staff robótico, uma noite no Henn na custa cerca de 70 euros, três vezes menos do que a concorrência no Japão.

Sawada quer agora abrir outro hotel no país e ainda criar novos robôs, capazes de realizar mais tarefas, como por exemplo, um para entregar o room service e outros drones para entregar snacks. O hotel ainda tem pessoal humano ao serviço, nomeadamente para tarefas de segurança.