exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Insólitos

“Viciado” em Fallout 4 processa Bethesda

Um jogador de Fallout 4 afirma ter ficado tão viciado no título que perdeu saúde, a mulher e o trabalho. Agora, processa a empresa que criou o jogo.

  • 333

Um homem de 28 anos diz ter passado três semanas consecutivas a jogar Fallout 4 e que esse “vício” o fez perder a mulher. Como passou os dias a jogar, não foi sequer trabalhar, o que provocou o seu despedimento. Durante a maratona de jogo, o siberiano não dormiu, nem comeu, nem ligou nada aos seus amigos, noticia o RT.

«Se soubesse que este jogo podia ser tão viciante, teria tido muito mais cuidado», lê-se no depoimento do gamer que agora processa a Bethesda em 500 mil rublos, cerca de 6500 euros, pelos danos emocionais causados. O jogador alega que se soubesse destes efeitos não teria comprado o jogo ou só o teria feito na altura das suas férias.

Não há histórico deste tipo de casos na Rússia, pelo que este caso poderá abrir um precedente, quer para o lado dos gamers, quer para o lado das editoras. Oficialmente, a adição aos videojogos não é reconhecida como uma patologia, embora sejam cada vez mais evidentes os casos de jogadores que padecem de vários sintomas, como deixarem de se alimentar ou de dormir para jogar.