exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Insólitos

GuyFi: transformar a cabine telefónica numa cabine para masturbação

Nova Iorque vai transformar cerca de 7500 antigas cabines telefónicas em hotspots de Wi-Fi gratuitos, pelo que uma empresa de brinquedos sexuais aproveitou a ideia para fechar uma destas cabines com uma cortina e colocar um portátil e uma cadeira lá dentro. Depois cada um é livre de aliviar a tensão como entender mais adequado.

  • 333

Paulo Matos

O LinkNYC é um projeto que vai estrear este mês em Nova Iorque e que prevê a transformação de cerca de 7500 antigas cabines telefónicas em hotspots de Wi-Fi gratuitos. A Hot Octopuss, uma empresa de brinquedos sexuais, aproveitou este facto para criar o GuyFi, que é uma cabine telefónica tapada por uma cortina preta e equipada com uma cadeira e um portátil com uma ligação de alta velocidade à Internet, revela o Ars Technica.

O GuyFi está localizado entre a 5th Avenue e a 28th Street e, de acordo com um comunicado de imprensa da Hot Octopuss, a razão para esta iniciativa é uma preocupação com saúde, pois pretende contribuir para que se possam «aliviar tensões». Citando um estudo da Time Out, a companhia destaca que 39% dos nova-iorquinos costuma masturbar-se no trabalho, pelo que considera este espaço mais adequado para aliviar o stress.

Contudo, apesar de a empresa deixar claro que cada pessoa é livre de utilizar o GuyFi da melhor forma que entender para aliviar a tensão, não há nenhuma referência explícita a masturbação. A razão é simples: a masturbação em público é considerada crime.

Para os mais céticos, que levantam a questão “Mas quem é que vai usar isto?”, a Hot Octopuss deixa um dado: no primeiro dia, a GuyFi foi usada por mais de 100 homens…