exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Insólitos

McAfee: acusado de encomendar homícidio e de ter torturado e violado

O criador de um dos antivírus mais populares terá mandado matar o seu vizinho, torturado até à morte um homem no Belize e drogado e violado uma colega de trabalho.

  • 333

Três grandes acusações pendem sobre John McAfee no documentário realizado por Nanette Burstein, Gringo: The dangerous life of John McAfee. Neste filme, o perito em cibersegurança é acusado de ter encomendado o assassinato do seu vizinho Gregory Faull. Durante um refúgio no Belize, terá ainda torturado e assassinado um cidadão local chamado David Middleton. Por fim, o documentário mostra uma entrevista com Allison Adonizio, ex-colega de McAfee e que o acusa de a ter drogado e violado, noticia o The Verge.

O filme mostra vários testemunhos de guarda-costas, supostas namoradas, empregados, jornalistas e autoridades do Belize. McAfee é retratado como manipulador dos oficiais locais, viajando em caravanas armadas e compostas por criminosos e acusado de manter recolher obrigatório no seu bairro.

A história conta ainda que McAfee pagou cinco mil dólares a um dos seus guarda-costas para assassinar Faull, que terá envenenado o cão do cibersegurança.

McAfee defende-se dizendo que Bernstein pagou aos locais para entrevistas fabricadas e rejeita todas as acusações. O documentário tem estreia marcada para 24 de setembro e promete levantar polémica.

  • 333