exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Insólitos

Na Alemanha, já há escorregas aquáticos com realidade virtual

A nova modalidade virtual dos escorregas aquáticos tem por base uns óculos à prova de água que dispõem de sensores que localizam o utilizador

  • 333

Se a Realidade Virtual (VR) está na moda… então, o parque aquático Therme Erding, nos arredores de Munique, já garantiu um lugar na vanguarda das novas tendências com o uso de óculos de realidade virtual em escorregas que, além das curvas e descidas acentuadas, têm por atrativo cenários virtuais com percursos e personagens imaginários.

A nova modalidade virtual dos escorregas aquáticos tem por base uns óculos à prova de água e cenários criados pela Ballast VR. Os óculos de VR dispõem de sensores que localizam o utilizador e permitem usar esse posicionamento num cenário virtual. Os clientes do Therme Erding podem escolher mais do que um tema de realidade virtual durante as descidas.

O parque alemão não tem dúvidas de que a tecnologia pode funcionar como um trunfo comercial tão válido quanto um escorrega com um novo desenho mais ousados. O que levanta a questão ainda por responder: Será que os clientes do parque de Therme Erding preferem a realidade enquanto descem num tubo a toda a brida ou será que se divertem mais com os cenários virtuais durante essas descidas?

No vídeo inserido nesta página, pode ver como funciona a realidade virtual no parque aquático de Therme Erding.

  • 333