exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Insólitos

Franky Zapata queria atravessar o canal da Mancha em flyboard, mas…

Hugo Séneca

  • 333

A viagem deveria ter ocorrido a altitudes máximas de 20 metros e velocidades de cerca de 140 Km/h, mas terminou a meio do percurso

Franky Zapata garantiu os primeiros minutos de fama ao apresentar-se sobre um skate voador (ou flyboard) com os diferentes ramos das forças armadas francesas, no tradicional desfile comemorativo da Tomada da Bastilha e da Revolução Liberal, mas não se deu por satisfeito. E por isso agendou algo ainda mais radical: atravessar os 35 quilómetros que separam Sangatte, no Norte de França, e Dover, no sul do Reino Unido sobre a plataforma voadora.

O potencial feito tinha sido agendado para a manhã desta quinta-feira precisamente para assinalar o primeiro voo sobre o Canal da Mancha, levado a cabo em 1909 por Louis Blériot, mas acabou por fracassar. Segundo a imprensa internacional, Frankie Zapata falhou no reabastecimento de combustível junto de um barco que se encontrava no mar com esse propósito, e acabou por ver a sua viagem interrompida.

A queda na água terá ocorrido sem lesões ou danos materiais, informa a BBC.

A viagem deveria ocorrer a altitudes máximas de 20 metros e velocidades de cerca de 140 Km/h. Além de voar sem asas, o flyboard distingue-se pelo facto de obrigar o piloto a transportar o combustível às costas, numa mochila. E foi o reabastecimento do depósito de combustível que acabou por motivar o fracasso da viagem, bem a meio do Canal da Mancha. Franky Zapata, que começou a ganhar fama como campeão de jet ski, acabou por falhar uma manobra de aterragem numa plataforma flutuante – e com isso resumiu irremediavelmente a travessia do Canal da Mancha a metade dos intentos iniciais.

No vídeo inserido nesta página pode assistir a algumas manobras de Franky Zapata sobre um flyboard.

  • 333