Lei da Cópia Privada: António Pinho Vargas pede para ser retirado do abaixo-assinado

Márcio Florindo
27/01/2012 16:40

A Sociedade Portuguesa de Autores tem no seu site uma lista com nomes de autores que se mostram favoráveis à alteração da Lei da Cópia Privada, mas António Pinho Vargas pediu para o seu nome ser retirado.

Alguns sites noticiavam hoje de manhã que a Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) teria sido “apanhada” a usar nomes de artistas que desconheciam estar no abaixo-assinado a favor do novo Projeto De Lei Da Cópia Privada. A questão foi noticiada por blogues como o Aberto até de Madrugada, site que entretanto não está disponível. Todavia, numa versão em cache do Google, pode ver-se uma captura de ecrã que mostra o que despoletou toda esta polémica: interpelado na sua página de Facebook sobre a sua posição favorável à nova Lei da Cópia Privada, António Pinho Vargas mostrou-se surpreso e dizia não ter assinado nada.

Na imagem, pode ler-se que “não assinei nada. O assunto provoca-me dúvidas e a presença do meu nome será portanto abusiva”. Pinho Vargas indica, ainda, não ter sido consultado sobre o assunto, e que iria “tentar esclarecer com a SPA a misteriosa presença do meu nome (porque a assinatura seguramente não existe)”.

Contactado pela Exame Informática, Pinho Vargas explicou que contactou a SPA e que a situação já foi corrigida. O seu nome teria sido usado em “virtude de fazer parte de um abaixo-assinado de há um ano organizado então pelo, infelizmente já falecido recente, Pedro Osório”.

António Pinho Vargas esclarece ainda que, como é natural, concorda com o princípio do Direito de Autor. Todavia, a questão relativa à nova lei da Cópia Privada é complexa e Pinho Vargas não está suficientemente informado para tomar uma posição. “Não quero servir de arma de arremesso de um lado nem de outro”.

Contactada pela Exame Informática, a SPA esclarece que o nome de pinho Vargas foi realmente retirado a pedido deste, e que este abaixo-assinado é o mesmo de há um ano, mas com o apoio de mais pessoas. Neste momento, a SPA garante também que todos os nomes que constam do abaixo-assinado apoiam uma mudança à Lei de Cópia Privada.

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Vídeos

Testamos uma câmara fotográfica da Samsung com um formato inspirado numa reflex, um ecrã Super AMOLED e um painel tátil e inclinável.

Testamos o sistema operativo da LG que simplifica e melhora a experiência de ver televisão em casa. 

Uma Startup num minuto. No final de julho, o jogo Smash It – Witch Adventures já contava com 42 mil downloads. O melhor ainda pode estar para vir com o lançamento mundial agendado para setembro.

Testamos um televisor da Samsung com ecrã curvo, resolução de ultra alta definição e uma diagonal de 65 polegadas.

Testamos uma câmara da Olympus resistente e à prova de água, com um ecrã articulado, o que facilita as selfies.

A Não perder

Juntámos as 100 melhores e mais surpreendentes Apps, que vão dar uma nova vida ao seu smartphone ou tablet. E a maioria é gratuita!

EI Tv

Em destaque neste programa: testamos o Galaxy Tab S, conduzimos o Volvo V60 D6 híbrido, análise ao Sony Xperia L, conheça o projeto Crystal Sense.

Em destaque neste programa: conheça o KeepIT, o fim dos interruptores de casa e o Volkswagen e-Up.

Em destaque neste programa: a primeira licenciatura em Bioinformática em Portugal e as novidades do Peugeot 108.

 

Em vez dos 20 cêntimos por GB da versão que circulou na Indústria, o Conselho de Ministros aprovou uma proposta de lei da Cópia Privada que aplica taxas de 12 cêntimos por GB nos telemóveis.

X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .