exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Internet

Portal do Governo alojado num operador comercial desde o início do mês

O Portal do Governo está alojado nos servidores da Refer Telecom desde o início de abril. O contrato está orçado em 49,3 mil euros. Responsável do CEGER garante que o recurso a serviços privados é menos oneroso. 

  • 333

Desde o início de abril que o Portal do Governo está alojado num serviço de alojamento de sites da Refer Telecom. O serviço foi atribuído por ajuste direto pela Secretaria Geral da Presidência do Conselho de Ministros. O alojamento, com uma duração de pouco mais de um ano, ficou orçado em 49,300 euros.

Manuel Honorato, líder da rede informática do Governo (CEGER), recorda que o alojamento num operador comercial «é uma opção que tem menos custos» que o alojamento que foi usado até à data e que recorria à infraestrutura governamental. Além dos custos, Manuel Honorato lembra que o alojamento num serviço externo à rede do governo também tem vantagens no que toca à operacionalidade da rede do Governo. 

«O Portal do Governo costuma ser alvo de vários ataques. E por vezes esses ataques acabavam por ter impacto não só no Portal, mas também noutros serviços suportados pela rede informática do Governo», explicou à Exame Informática o líder do CEGER à margem de um evento sobre a versão 6 do Protocolo de Internet (IPv6).

O responsável pelo CEGER desvalorizou os potenciais riscos que a migração para um operador comercial possa ter para o Portal do Governo. «Toda a informação que está no Portal do Governo é pública. Trata-se de um portal apenas institucional», explicou numa alusão ao facto de o portal do executivo não transmitir dados sigilosos ou sensíveis, nem recolher dados de internautas ou profissionais do Estado ou da Administração Pública.

A Refer Telecom é uma empresa de telecomunicações e serviços na área da informática que pertence à Refer, a empresa que gere as infraestruturas ferroviárias.


  • 333