exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Internet

Como hackers portugueses lançaram um dos primeiros defacements da Net

Entre 1997 e 1998, o grupo de hackers portugueses dinamizou a campanha Free East Timor – Free Xanana Gusmão. Foi durante esta campanha que foi feito um dos primeiros defacements de sempre. 

  • 333

Agora já não é novidade: muitos hackers conseguem aceder ilegalmente a páginas Web, ganham privilégios de administração e acabam por mudar o aspeto original da página. Esta técnica, conhecida por defacement, foi usada pela primeira vez em 1996 nos EUA. No entanto, em Portugal, nos dois anos seguintes, o grupo T0xyN, liderado por m0xx, fez uma campanha com defacements sucessivos, com o objetivo de chamar a atenção para a causa timorense.

Em fevereiro, abril e junho de 1997, os T0xyN atacaram vários sites governamentais indonésios e publicavam, a cada ataque, uma lista das vítimas dos ataques anteriores. Em novembro, o grupo UrBan Ka0s e os PHAIT, de Portuguese Hackers Against Indonesian Tiranny, atacavam e destruíam dados alojados em 27 servidores.

Esta foi a única vez que dados foram apagados, explica o El Mundo. De resto, os T0xyN faziam questão de afirmar que não apagavam dados das páginas a que acediam e que os defacement eram apenas a sua forma de mostrar as suas ideias. A campanha prosseguiu até 1998, ano em que houve um referendo para a independência de Timor.