exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Internet

Facebook garante quota de 70% entre empresas portuguesas

Apenas um terço das empresas portuguesas já recorreu a ferramentas que exponenciam negócios nas redes sociais, conclui estudo da IDC e da Nos.

  • 333

Um estudo realizado em parceria pela NOS e a IDC revela que 70% das empresas portuguesas que marcam presença nas redes sociais recorrem ao Facebook. No segundo lugar das preferências das empresas portuguesas encontra-se o LinkedIn (54%) e o YouTube (44%), estima o estudo “Social Business: como criar valor para o seu negócio?”, que a IDC e a Nos levaram a cabo no âmbito do projeto  Portugal Tech Insights 2020

O estudo que pretende servir de barómetro quanto à adoção das redes sociais para fins de negócio apurou que, apesar dos números registado no que toca a contas do Facebook, o denominado social business ainda apresenta uma considerável margem de progressão: hoje, apenas um terço das organizações nacionais usa tecnologias de social business. Um dado que estará relacionado com o facto de nem sempre ser notória a relação entre investimento em ferramentas de social business e o retorno que podem vir a ter para o negócio.

«No estudo, conclui-se que a perceção das organizações nacionais sobre o valor destas soluções ainda está centrado sobretudo no suporte às atividades de marketing e no suporte a clientes através das redes sociais, sendo necessário um melhor entendimento do impacto do social business na transformação digital das organizações através da experiência dos clientes, comércio, colaboradores, inovação (produtos e serviços) e redes de parceiros» refere o comunicado da Nos e da IDC.

O estudo tem por base um inquérito realizado pela IDC entre abril e maio de 2015. Foi analisada uma amostra de 342 médias e grandes empresas, que deverão representar um total de 3.567 organizações (empresas privadas e organismos da administração pública).

 

  • 333