exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Internet

Google vai remover imagens de revenge porn

As vítimas do denominado revenge porn vão poder solicitar à Google que remova estes conteúdos dos resultados das pesquisas.

  • 333

O Vice-Presidente da Google Amit Singhal fez saber que as imagens pornográficas que foram publicadas por vingança de namorados desavindos poderão continuar a existir na Internet, mas serão removidas dos resultados das pesquisas. «Sabemos que isto não irá resolver o problema da revenge porn», diz este responsável, citado pela BBC.

No Reino Unido, a legislação foi alterada e quem partilhe imagens de nus ou com cariz sexual sem o consentimento da outra parte pode enfrentar uma pena de prisão de até dois anos.

Revenge porn é o termo usado para designar as imagens ou vídeos de pessoas em atos sexuais ou nuas, e que são publicadas sem o seu consentimento ou muitas vezes como um ato de vingança. Geralmente, as vítimas são ex-namoradas que vêem a sua intimidade a ser exposta em vários sites.

Em Nova Jérsia, nos EUA, um ex-namorado foi sentenciado a seis anos de prisão por ter exposto fotos explícitas da ex-namorada sem o seu consentimento. No Reino Unido, Chrissy Chambers está a exigir um pedido de desculpas, indemnização e os direitos de autor sobre as suas imagens explícitas que também terão sido publicadas por um ex-parceiro. 

  • 333