exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Internet

PJ alerta: queixas de sextortion aumentaram

As queixas de chantagem relacionadas com vídeos íntimos registaram um «aumento significativo», alerta a PJ.

  • 333

A Polícia Judiciária (PJ) confirmou hoje um «aumento significativo» das queixas de vítimas de sextortion. Sem adiantar números, a PJ informa que «prossegue as investigações, no sentido de apurar a natureza e a extensão das conexões criminosas destes grupos, continuando a acompanhar casos concretos de fenómenos criminais semelhantes, relativos à prática, instigação, reivindicação ou apologia destes tipos de crimes».

O sextortion é o nome dado na gíria à chantagem exercida sobre internautas que que se filmam a si próprios e partilham filmes de foro sexual ou quue revelam os seus corpos.

A Judiciária recorda que entre as vítimas deste tipo de extorsão se encontram adultos e menores de idade, que são instados a pagar «montantes elevados para que os vídeos ou imagens acabadas de obter, por parte dos criminosos, não sejam divulgadas na Internet ou partilhadas pelos "amigos" da rede social».

A PJ aconselha os internautas a evitarem a publicação ou transmissão de vídeos de foro íntimo ou sexual, bem como a manterem uma postura que evite a devassa da vida pessoal ou profissional. «O uso destas novas formas de comunicação tem idade mínima para a sua adesão e os menores devem ser avisados das consequências do seu mau uso», refere ainda a PJ.

  • 333