exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Internet

Publicidade a software proprietário removida de 1125 sites da Administração Pública

Uma iniciativa da Free Software Foundation Europe conseguiu que 1125 sites governamentais europeus removessem os anúncios a software proprietário de leitura de PDFs que possuíam nas suas páginas. Em Portugal, foram identificados 15 casos.

  • 333

Vários sites da Administração Pública de países europeus faziam publicidade a software proprietário de leitura de PDFs, mas uma campanha de seis anos levada a cabo pela Free Software Foundation Europe (FSFE) conseguiu remover esse conteúdo de 1125 sites – o que equivale a 53% do total de páginas identificadas –, avança comunicado da Associação Nacional para o Software Livre (ANSOL).

Para levar a campanha a bom porto, a FSFE escreveu cartas às entidades em causa e reuniu também assinaturas para uma petição que pedia um fim ao anúncio de produtos de software proprietário em sites governamentais. No total, 90 organizações, 63 negócios e 2731 indivíduos assinaram a petição.

Em Portugal, foram identificados 15 casos. Nove deles já foram corrigidos, mas seis ainda subsistem: Câmara Municipal de Coimbra, Direção Geral do Ensino Superior, Direção Geral dos Impostos, Fundação para a Ciência e a Tecnologia, Instituto Camões e Universidade de Coimbra.