exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Internet

Google quer combater anúncios intrusivos no telemóvel

A empresa quer oferecer a melhor experiência de navegação mobile possível e anuncia castigos para os anúncios intrusivos que cobrem todo o ecrã do browser.

  • 333

A Google explicou no seu blogue oficial que, a partir do próximo ano, vai “castigar” os sites que apresentem anúncios demasiado intrusivos nos browsers mobile. A punição passa pela despromoção dessas páginas dos resultados de pesquisas. O objetivo é também recompensar os sites com a melhor informação e que são menos aborrecidos para o utilizador.

A Google critica as páginas que oferecem a informação e, por cima, colocam um anúncio em toda a página que causa frustração aos utilizadores. A partir de 10 de janeiro de 2017, noticia o ArsTechnica, estas páginas, bem como as que apresentam um pop-up de subscrição de newsletters, vão passar a estar pior classificadas no motor de busca.

Esta alteração vai ter impacto apenas nas páginas que apresentam os anúncios mais “chatos“ e que condicionem a experiência de navegação mobile. As páginas que têm pop-ups, por exemplo, para validar a idade do utilizador ou alertas da utilização de cookies não vão ser prejudicadas.

  • 333