exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Internet

Google diz que pesquisas já não mostram que o Holocausto não aconteceu

A Google afirma que alterou os resultados das pesquisas e, quando se procura informações sobre o Holocausto, já não aparece uma página que negava que o massacre tivesse acontecido.

  • 333

Exame Informática

A Google esteve na mira dos críticos que denunciaram que, quando se procurava informação sobre se o Holocausto teria acontecido, um dos primeiros resultados era uma página ligada à supremacia branca que dizia que o massacre não existiu. Agora, a Google parece ter alterado o ranking desta página, que já não aparece nos primeiros resultados, explica o The Verge.

«Não removemos conteúdos dos resultados das pesquisas, exceto em casos muito limitados, como conteúdos ilegais, malware ou violações das nossas políticas de utilização», disse um porta-voz da Google, explicando que estas regras não se aplicavam ao tópico “Top 10 reasons why the Holocaust didn’t happen”.

Aparentemente, a Google terá cedido aos críticos e atribuiu um ranking inferior a esta página, de forma a que já não apareça com destaque nos resultados.

Contudo, apesar das intenções da Google, os resultados das pesquisas em Portugal para o tema em questão continuam a apresentar o mesmo resultado de antigamente,

  • 333