exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Internet

CIA disponibiliza online 12 milhões de documentos que já foram secretos

Se é fã de História ou quer colocar algumas teorias de conspiração à prova, pesquise a base de dados disponibilizada pela CIA e consulte documentos que entre as décadas de 1940 e 1990 foram considerados secretos.

  • 333
Paulo Matos

Paulo Matos

Jornalista

Temas como crimes de guerra do nazismo, OVNIs ou telepatia despertam-lhe interesse? Então visite este site da CIA. É que a agência norte-americana colocou online 12 milhões de documentos que foram considerados secretos entre as décadas de 1940 e 1990.

A ideia inicial para este projeto partiu de Bill Clinton, que, em 1995, ordenou que todos os documentos com mais de 25 anos com valor histórico deveriam perder a classificação de “secretos”. A CIA cumpriu a diretiva, mas não facilitou a divulgação pública, já que obrigava os interessados a pesquisarem e a lerem a documentação em Washington, revela o Engadget.

Em 2000, a agência disponibilizou uma base de dados eletrónica intitulada CREST, que ajudava no processo de pesquisa, mas a consulta ainda tinha de ser feita pessoalmente na capital. Uma organização jornalística sem fins lucrativos, chamada MuckRock, chegou a avançar com um processo contra a CIA em 2014 para pressionar a divulgação online dos documentos, mas a entidade argumentou que precisaria de seis anos para digitalizar tudo.

No ano passado, a CIA concordou finalmente em colocar a informação online e agora cumpriu a promessa. Não espere encontrar revelações bombásticas, mas pode consultar informações sobre a fuga de criminosos de guerra da Alemanha nazi, o túnel de Berlim que serviu para espiar os russos ou a crise dos mísseis de Cuba, por exemplo.

  • 333