exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Internet

Plataforma da Khan Academy vai entrar nas escolas portuguesas

christophe.guerreiro

A plataforma Khan Academy vai começar a ser usada nas salas de aulas de 11 escolas da região Oeste. Mais de 850 alunos do ensino básico serão abrangidos pela iniciativa

  • 333

A Fundação PT assinou um acordo com a Direção-Geral da Educação e com a Associação Portuguesa de Telemática Portuguesa (EDUCOM) que prevê o uso da plataforma Khan Academy em 11 escolas da Região Oeste.

De acordo com a PT, o projeto-piloto deverá abranger um total de 850 alunos do ensino básico, 11 escolas e mais de 30 professores do ensino básico.

«Com a extensão da Khan Academy à sala de aula, alunos, pais e professores passam a ter acesso, com perfis de funcionamento específicos e de forma articulada, à Khan Academy. A DGE, a EDUCOM e a Fundação PT cooperam, deste modo, na tradução e adaptação para a realidade portuguesa dos recursos didáticos inovadores da Khan Academy, com o desígnio de levar esta nova abordagem metodológica de ensino ao contexto escolar, com a integração de equipamentos móveis da Samsung», refere o comunicado da PT.

A PT e a DGE deram a conhecer hoje a estreia da nova versão em português europeu da Plataforma Khan Academy. A versão foi expandida com a inclusão de novos conteúdos, que têm em conta os currículos escolares nacionais. Além de vídeos e outros recursos didáticos, a nova versão da plataforma procede à diferenciação dos conteúdos disponibilizados para alunos e professores.

A Khan Academy é uma iniciativa que pretende disponibilizar recursos multimédia gratuitos que ajudam na aprendizagem de diferentes disciplinas escolares. Atualmente, a Khan Academy conta com mais de 48,5 milhões de utilizadores, 992 milhões de visualizações e 6,5 mil milhões de exercícios realizados.

  • 333
  • Uma ligação à Internet e uma impressora 3D são suficientes para qualquer um fazer uma arma de fogo. Mas há perigos escondidos e a PSP ajudou-nos a revelá-los. Este mês falámos com a investigadora portuguesa que pode revolucionar o mundo das baterias e destacamos os testes ao Huawei P10 Plus, Nintendo Switch e TVs 4K abaixo dos €1000.