exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Internet

IWF: 60% dos conteúdos de pornografia infantil estão alojados em sites europeus

Em 2016, foram reportados 8,2 milhões de páginas consideradas pedófilas em todo o mundo. Mais de metade das páginas estavam alojadas na Europa

  • 333

O mais recente relatório da Internet Watch Foundation (IWF) revela que 60% dos conteúdos relacionados com pornografia infantil estão alojados em sites que se encontram sob jurisdição europeia. O relatório revela ainda que, em 2016, o número de conteúdos de teor pedófilo detetados na Europa cresceu 19% de 2015 para 2016, informa a BBC. Durante 2016, o IWF contabilizou 34.212 páginas com conteúdos pedófilos que se encontram alojadas em servidores europeus.

Os peritos da IWF realçam que o crescendo de pornografia infantil na Europa contrasta, de sobremaneira, com as mais recentes tendências registadas na América do Norte. Em 2015, 57% das páginas com conteúdos pedófilos encontram-se alojadas na América do Norte. Em 2016, as páginas alojadas na América do Norte passaram a totalizar 37% do total estimado para toda a Internet.

O facto de a América do Norte alojar 37% de todas as páginas contabilizadas poderá não significar obrigatoriamente uma regressão nos conteúdos distribuídos do outro lado do Atlântico. De acordo com a IWF, em 2016, foram detetadas 8,2 milhões de páginas com conteúdos pedófilos em todo o mundo. Este número é pouco menos que o dobro dos 4,4 milhões de páginas similares que foram contabilizadas em 2015. O que significa que, mais do que a redução do número de páginas detetadas na América do Norte, assistiu-se a uma proliferação de páginas na Europa.

A IWF refere ainda que a tenebrosa tendência se mantém nos primeiros meses de 2017: até à data, já foram reportados dois milhões de páginas consideradas pedófilas.

  • 333