exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Internet

Homem detido por partilhar Deadpool no Facebook

O acusado entrou no tribunal algemado pelos tornozelos após ter partilhado o filme através de uma publicação na sua página pessoal de Facebook, que teve mais de 5 milhões de visualizações. Caso seja condenado, a pena pode chegar a 3 anos de prisão.

  • 333

Ruben Nascimento Oliveira

Na Califórnia, um homem foi acusado de violar direitos de autor depois de ter partilhado uma cópia do filme Deadpool no Facebook. Trevon Maurice Franklin, de 21 anos, terá alegadamente feito upload do ficheiro para a sua página pessoal oito dias depois da estreia do filme nos cinemas americanos. Esta única partilha ilegal terá permitido a mais de 5 milhões de pessoas ver o filme sem pagar.

A audiência inicial tomou lugar em Fresno, onde Trevon, de acordo com o sumário do processo, entrou no tribunal de tornozelos algemados para que lhe fossem lidos os seus direitos e acusações. No final, o acusado alegou que não era culpado e foi-lhe atribuído um defensor público como advogado, que deverá preparar a defesa para a próxima audiência, no dia 27 em Los Angeles.

O ficheiro PDF em que estão presentes as acusações alega que esta partilha do filme não terá sido um acontecimento isolado e que existem «pelo menos dez cópias» de Deadpool disseminadas por Trevor. No total, as partilhas traduzem-se num valor comercial de 2500 dólares (2237 euros), noticia a Arstechnica.

Se o acusado for considerado culpado, a sua pena pode chegar até 3 anos numa prisão federal americana.