exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Internet

YouTube remove mais de 8 milhões de vídeos em três meses

A maioria dos conteúdos impróprios foi identificada por máquinas

  • 333
Paulo Matos

Paulo Matos

Jornalista

Para mostrar o progresso na remoção de conteúdos que violam as políticas da plataforma, o YouTube divulgou o seu primeiro Relatório de Transparência, referente aos dados registados entre outubro e dezembro do ano passado. Refira-se que a iniciativa pretende revelar igualmente como estão a ser aplicadas as Regras da Comunidade e será alvo de uma atualização a cada trimestre.

Assim, uma análise ao primeiro relatório mostra que o YouTube removeu mais de 8 milhões de vídeos entre outubro e dezembro de 2017 – a maioria era sobretudo spam ou pessoas que tentavam carregar conteúdos para adultos. 6,7 milhões de vídeos foram inicialmente sinalizados por máquinas, ou seja, sem ser sequer necessária uma intervenção humana. E, segundo a Google, desses 6,7 milhões, 75% foram removidos antes de terem tido uma única visualização.

O YouTube também introduziu uma área onde cada utilizador pode aceder individualmente para verificar o estado dos vídeos que denunciaram/sinalizaram e pediram revisão por considerarem que violam as Regras da Comunidade da plataforma. No futuro, o YouTube pretende dotar os relatórios trimestrais de dados adicionais, como informação sobre comentários, velocidade da remoção e as violações de políticas que motivaram a remoção.