exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Internet

Site que dá acesso a dados clínicos de 1,8 milhões utentes do SNS esteve vulnerável dois anos

Até ao final da semana passada, a Área do Cidadão do Portal do SNS apresentava a mais baixa classificação de segurança numa das mais conhecidas baterias de teste de segurança disponíveis na Internet

  • 333

O Portal que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) disponibiliza aos cidadãos como repositório de informação relativa a consultas, análises, exames de diagnóstico ou dados pessoais esteve nos últimos dois anos em situação de vulnerabilidade. Até ao final da semana passada denominada Área do Cidadão do Portal do SNS apresentava a mais baixa classificação de segurança numa das mais conhecidas baterias de teste de segurança disponíveis na Internet. Uma vez alertada para a situação, a Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) procedeu às alterações necessárias durante o fim de semana que passou – e sanou as falhas que afetavam este site que dá acesso à informação clínica de 1,8 milhões de utentes. Na mesma ocasião, a SPMS eliminou também as falhas do site institucional do SNS, que não é usado para o acesso a bases de dados dos utentes, mas que no final de abril apresentava um total de 48 vulnerabilidades.
Pode ler este artigo que saiu na Exame Informática Semanal clicando aqui. (acesso livre e gratuito).

NOTA: Esta notícia foi atualizada segunda-feira com informação fornecida pela SPMS

  • 333