exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Internet

Microsoft passa a oferecer Teams, para rivalizar com Slack

Dilpesh Laxmidas

A Microsoft quer ter uma posição forte no segmento de chats empresariais. Agora, a marca de Redmond vai passar a oferecer o Teams para pequenas e médias empresas.

  • 333

Exame Informática

A Microsoft anunciou que vai oferecer o Teams a empresas com até 300 funcionários e disponibilizar algumas gratuitamente algumas funcionalidades que até aqui eram pagas. É possível pesquisar mensagens, traduzir in-line os conteúdos, fazer comunicações de áudio e vídeo e obter 10 GB de armazenamento partilhado e 2 GB de armazenamento para cada utilizador nesta versão gratuita.

O segmento empresarial já tem uma oferta forte, com o Slack. Agora, a Microsoft vai passar a oferecer o Teams, passados dois anos da estreia do serviço. Para os utilizadores domésticos, há bastante variedade de escolha e algumas soluções são bastante populares como o Skype, iMessage ou o WhatsApp. No entanto, entre as empresas, o email é ainda o método de comunicação preferido, com as chamadas de voz e as SMS a surgirem em segundo e terceiro, segundo um estudo da Technalysis Research.

A decisão da Microsoft em não oferecer logo o Teams aquando da estreia pode ter sido vista com maus olhos pelas startups e pequenas empresas, que optaram então pelo Google docs ou por outras soluções.
As ferramentas de conversação instantânea estão avaliadas em milhares de milhões de anos: o Slack está cotado em mais de cinco mil milhões de dólares e o WhatsApp foi comprado por 19 mil milhões de dólares, por exemplo.

As empresas interessadas em usar o Teams gratuitamente podem inscrever-se no site da Microsoft.

  • 333