exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Internet

FlixBus: plataforma das viagens de sete euros para o estrangeiro já oferece 230 destinos em Portugal

Salamanca, Madrid, Barcelona, Málaga, San Sebastian, Paris ou Biarritz figuram entre os destinos europeus que podem ser visitados com os serviços da FlixBus. Lisboa, Porto, Aveiro, e Viseu são algumas das cidades portuguesas em que a FlixBus já está presente

  • 333

A FlixBus, uma empresa que está para os serviços de autocarro como a Uber está para os táxis, acaba de reforçar a oferta em Portugal com o estabelecimento de uma parceria com a empresa de camionagem Ovnitur, de Ponte de Lima. A empresa de origem alemã informa ainda que passou a disponibilizar no mercado português 230 ligações internacionais a partir de 11 cidades portuguesas, a partir de preços de 6,99 euros.

Salamanca, Madrid, Barcelona, Málaga, San Sebastian, Paris ou Biarritz figuram entre os destinos europeus que podem ser visitados com os serviços da FlixBus. Lisboa, Porto, Aveiro, e Viseu são algumas das cidades portuguesas em que a FlixBus já está presente.

Os bilhetes podem ser comprados no site, na app disponibilizada ou no próprio autocarro. A empresa garante que as frotas des parceiros são geridas com ferramentas on-line que suportam um total de 300 mil ligações rodoviárias por dia. Atualmente, a plataforma conta com 2000 autocarros que «têm menos de um ano e cumprem a norma Euro VI, a mais exigente em termos de emissões, têm wi-fi grátis, pontos de carregamento para telemóveis e tablets, casas de banho, espaço extra para as pernas, lanches e bebidas disponíveis a preços baixos», informa a plataforma.

A FlixBus tem vindo a expandir o negócio através de parcerias com empresas locais que fornecem condutores e frotas de autocarros. Em contrapartida, a empresa alemã dá suporte tecnológico, planeamento de rede, otimização das linhas, marketing, venda de bilhetes, entre outras variáveis.

Max Zeumer, vicepresidente da FlixBus recorda num comunicado da empresa que mais de 100 milhões de passageiros já usaram a Flixbus, mas não dá a missão por concluída: «queremos que o autocarro deixe de ser visto como desconfortável, antiquado e caro, e se torne a primeira escolha na mente dos portugueses quando se trata de viajar».

  • 333