exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Internet

Snapchat prepara-se para lançar mensagens que não se apagam

A rede social que se distingue por publicar vídeos e fotos que desaparecem prepara-se para tornar as mensagens dos utilizadores públicas e até mesmo permanentes.

  • 333

Exame Informática

As alterações serão uma das reações à perda de popularidade do serviço, à fuga de executivos da administração e aos resultados financeiros em baixa. O Snapchat está a estudar uma forma de tornar as mensagens dos utilizadores públicas e até uma forma de as manter publicadas, sem as apagar. Aquele que era um traço distintivo do serviço poderá deixar de o ser. A alteração poderá ser encarada com desagrado pelos utilizadores que recorrem ao Snapchat precisamente pelo seu caráter anónimo.

Os responsáveis do Snapchat estão a ponderar as considerações de privacidade, legais e técnicas de revelar a identidade dos utilizadores nos posts públicos. A alteração só seria aplicada nas fotos e vídeos publicados na categoria “Our Story” que é precisamente dedicada a uma audiência mais vasta do que o círculo de amigos do utilizador. Segundo fonte próxima do tema ouvida pela Reuters, os utilizadores vão manter a opção de se apagar estas histórias.

Os Snaps públicos inicialmente mantinham-se visíveis por 30 dias, mas agora estão disponíveis durante 90 dias. Recentemente, a empresa assinou parcerias com plataformas de descoberta de notícias e planeia estabelecer novos contratos semelhantes num futuro próximo. Estas plataformas têm dificuldade em operar se os Snaps desaparecem ou são mantidos anónimos, daí a empresa estar a ponderar torná-los públicos e permanentes. Por outro lado, algumas organizações de divulgação de notícias não publicam conteúdo do Snapchat precisamente porque este desaparece.

As ações da Snapchat têm perdido valor e, na semana passada, valiam menos 60% do que em março de 2017. A estratégia para rentabilizar passa por tornar o conteúdo mais atrativo para estes parceiros.

  • 333