exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Internet

Facebook altera algoritmo do Feed de Notícias

NurPhoto - Getty Images

A rede social de Mark Zuckerberg anunciou que o algoritmo do Feed de Notícias foi ajustado para dar prioridade aos conteúdos publicados por amigos mais próximos e para links que foram considerados mais relevantes.

  • 333

Exame Informática

A mudança no algoritmo surge na sequência de inquéritos que o Facebook fez aos seus utilizadores desde o ano passado. As atualizações no Feed de Notícias devem acontecer de forma gradual e não se espera que os utilizadores reparem na mudança imediatamente, explicou um porta-voz do Facebook.

Os responsáveis pela rede social explicam que foram questionados centenas de milhares de utilizadores e que «em termos de conclusões, não há uma tendência que estejamos a identificar que sirva todos os utilizadores. Por isso é que questionar os utilizadores e construir este modelo foi importante, assim temos um novo método para capturar o que possa ser valioso para as pessoas a um nível mais individual, granular», cita o Engadget.

O questionário aos utilizadores começa por inquirir quem são os amigos mais próximos, o que não deixa de ser curioso, dado que o Facebook tem esta informação nos seus servidores, baseando-se nas pessoas com quem mais interagimos e com quem aparecemos mais nas fotografias. Para eliminar qualquer caráter subjetivo, o Facebook perguntou mesmo diretamente aos utilizadores quais eram as conexões mais próximas, embora saliente que isto não quer dizer que se passe a ver apenas as publicações desses amigos. «O utilizador vai ver as publicações das pessoas com quem tem relações mais próximas a aparecer mais alto no Feed de Notícias».

Outra alteração, também alimentada pelas respostas dos utilizadores, diz respeito ao tipo de links que são considerados mais relevantes. Com base nas respostas e na análise às publicações, de quem são e como foram recebidas, estes links vão começar a aparecer também, gradualmente, no topo do Feed de Notícias.

  • 333