exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Internet

SpaceX lança 60 satélites para iniciar o projeto Starlink

SpaceX

Elon Musk quer dar início a um projeto de cobertura planetária de Internet wireless e tem como objetivo colocar uma “constelação” de doze mil pequenos satélites na órbita da Terra

  • 333

Francisco Garcia

A SpaceX lançou esta quinta-feira os primeiros 60 pequenos satélites na órbita terrestre, que vão dar início ao ambicioso serviço de Internet ultra rápida, o Starlink. Foram transportados para o Espaço a bordo de um Falcon 9, o modelo de foguetão, que tem sido utilizado nalguns dos lançamentos mais importantes da empresa. A missão teve uma duração total de uma hora e dois minutos.

De acordo com a Reuters, com esta missão a SpaceX bateu o recorde da empresa de maior peso transportado para órbita, dado que cada satélite pesava 227 kg. Embora estejam todos em órbita, a empresa afirma que os próximos dias serão decisivos para determinar se os 60 satélites estão a funcionar dentro dos parâmetros esperados.

A agência de comunicação avança que Elon Musk tem esperança que o novo projeto se venha tornar numa importante fonte de receita para a SpaceX, esperando lucros na casa dos três mil milhões de dólares por ano, o equivalente a 2,68 mil milhões de euros.

«Pensamos que este seja o primeiro passo para que seja possível construir uma cidade autossustentável em Marte e uma base na Lua», contou Elon Musk à Reuters, referindo que serão necessários pelo menos mais doze lançamentos iguais aos de ontem para que seja feita a cobertura global de Internet. Afirmou ainda que para já a Starlink pode apenas operar nos Estados Unidos.

Com perspetivas de lançar pelo menos dois mil satélites por ano, com o objetivo de construir uma “constelação” de doze mil satélites em órbita, Elon Musk promete disponibilizar este serviço ainda no final deste ano.

  • 333