exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Internet

Congressista americana pede que Facebook atrase projeto Libra

Marcus Ingram - Getty Images

Maxine Waters, representante do Estado da Califórnia, afirma que o Congresso tem de examinar todos os pontos da criptomoeda que a Facebook pretende lançar em 2020

  • 333

Francisco JM Garcia

Maxine Waters, uma congressista representante do estado americano da Califórnia, pediu publicamente que a Facebook atrase o arranque do projeto Libra, algumas horas após a rede social ter anunciado formalmente a data de lançamento da moeda digital. De acordo com a BBC, Maxine Waters considera que a gigante tecnológica não deve avançar sem que primeiro o Congresso americano tenha examinado o projeto.

«Dado o historial da empresa, peço à Facebook que aceite uma moratória sobre qualquer movimento com vista a prosseguir com o desenvolvimento da criptomoeda, até que o Congresso e os reguladores tenham oportunidade de examinar estas questões e tomem medidas», defendeu a congressista, referindo-se às situações controversas de abuso na partilha de dados de utilizadores, em que a Facebook se envolveu no passado recente.

«Contamos poder falar perante o Congresso e responder a todas as questões para o processo avançar», respondeu um porta-voz da Facebook.

A rede social quer disponibilizar um serviço inteiramente digital, que permite aos utilizadores comprarem a moeda digital e guardá-la na carteira online, chamada Calibra. O serviço vai permitir também que os utilizadores consigam transferir a moeda entre si e usá-la para pagar contas e comprar serviços/bens.

  • 333