exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Internet

Milhares de vídeos e canais removidos do YouTube por violarem política de discurso de ódio

Os responsáveis do YouTube anunciaram um aumento de cinco vezes no volume de vídeos removidos após entrada em vigor de uma política mais apertada sobre discurso de ódio.

  • 333

Exame Informática

O YouTube avança que no período de abril a junho deste ano foram removidos mais de cem mil vídeos, mais de 17 mil canais e mais de meio milhão de comentários por violarem a política mais restrita da plataforma no que toca a discurso de ódio. O volume de vídeos e canais removidos neste trimestre é cinco vezes superior ao que foi removido nos primeiros três meses do ano.

Os responsáveis da plataforma de vídeos da Google explicam que o aumento se deve à remoção de comentários, vídeos e canais mais antigos que tinham conteúdo “legal” à luz da política anterior, mas que passaram a ser vetados em abril. Negar o Holocausto, o massacre de Sandy Hook ou fazer a apologia de supremacia branca são alguns dos tópicos que são agora proibidos no YouTube.

A Cnet noticia que o YouTube removeu um total de nove milhões de vídeos e mais de quatro milhões de canais no trimestre em análise, dos quais 66% dos vídeos e 90% dos canais foram classificados como spam, conteúdo enganador ou esquemas. O discurso de ódio “apenas” representa 1,2% dos vídeos e 0,4% dos canais removidos entre abril e junho, com 80% dos vídeos a terem sido eliminados sem terem tido qualquer visualização.

  • 333